Buscar
  • Jornalista Gabriela Freitas

Dia do Idoso: A nova geração da terceira idade no Brasil





A Move Experiências celebra o Dia do Idoso, que ocorre no dia 01 de outubro, com todos aqueles que buscam incluir na rotina práticas saudáveis para um bom envelhecimento.


A terceira idade é a fase no qual deve-se curtir ainda mais, justamente por ter trabalhado, seja em casa ou fora, durante uma vida toda. E não há nada melhor do que fazer o que gosta e contribuir para o seu bem-estar, não é?


Por essa razão que a Move promove diversas ações ligando esporte e lazer com a família e amigos. #VemComAMove


A geração idosa

O Estatuto do Idoso define que, todo indivíduo com 60 anos ou mais é considerado idoso. Segundo relatório divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS)[1], em 2019, a expectativa de vida média global é de 72 anos. Entre 2000 e 2016 houve um aumento de 5,5 anos.


Nos últimos tempos tem-se discutido questões sobre como envelhecer bem. “Manter hábitos alimentares saudáveis e atividades físicas ajudam a controlar os fatores que mesmo no envelhecimento promovem o aumento da PA (Pressão Arterial). Associar estas práticas a coisas que proporcionam prazer, que agradam o coração, mantém o estresse afastado e ajuda muito no envelhecimento mais saudável”, relata a Dra.

Daniela Vaz, fisioterapeuta e docente na Famesp (Faculdade Método de São Paulo).


“São muitos desafios, com a chegada da terceira idade as coisas mudam, mas eu não desisto, tem que ter persistência. Se não estou de bike, estou a pé. Amo pedalar, comecei com 37 anos e, hoje com 71 não Largo minha bicicleta”, comenta Teresa D'Aprile, fundadora do grupo de ciclistas mulheres Saia na Noite, há 27 anos.


Dados da OMS [2]apontam que até 2050 a população da terceira idade chegará a 2 bilhões de pessoas, o que representa um quinto do número de habitantes no mundo. Já no Brasil, o Ministério da Saúde mostra que o país, em 2016, tinha a quinta maior população idosa do mundo e, em 2030, o número ultrapassará o total de crianças e jovens, que segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2016) [3]existem 57,6 milhões de pessoas menores de 18 anos.


O idoso brasileiro está vivendo mais e, com isso, é necessário pensar em hábitos saudáveis para ter uma vida equilibrada. “É importante o idoso entender que o mundo mudou e essa mudança exige uma readaptação. Todas as atividades que trouxerem prazer, novidades e forem diferentes da rotina dele é fundamental, porque faz com que ele tenha vontade de descobrir novas coisas e renove as suas sensações e olhar para o mundo”, evidencia a personal rebrander Regina Nogueira.


É o que a Dona Maria Luiza Castier, 72 anos, busca em seu dia a dia, fazer tudo o que tem vontade com consentimento do seu geriatra Dr. Mauro. “Sou super ativa, então estou sempre procurando o que fazer. Faço musculação e corrida de segunda a quinta. Sempre pratiquei atividade física, pois meus pais davam muita importância a um bom condicionamento físico. Me alimento de forma correta, exceto aos sábados e domingos quando meto o pé na jaca”, declara.



Hábitos saudáveis

Diversos fatores influenciam na qualidade de vida. Dentre eles, a atividade física e até uma alimentação equilibrada, o que causa um impacto positivo em aspectos físicos, emocionais e sociais do indivíduo.


A personal Regina afirma que a prática aeróbica, intensa ou moderada, é essencial para que o sangue circule, mas deve haver uma combinação com atividade para a mente.

“É muito importante que qualquer atividade física tenha uma atenção do idoso, não é só fazer a atividade por fazer. É em uma caminhada procurar contemplar imagens, contemplar pessoas. Na natação, na hora que estiver nadando, procurar sentir a água no corpo. Na jardinagem, por exemplo, uma atividade que traz vida e tem a conexão com a terra. Tudo isso é muito saudável, não só para o corpo, mas para alma”.


Todos buscam viver mais e melhor, de acordo com a Doutora Daniela, um bom planejamento durante a vida impacta de maneira positiva ao chegar na terceira idade. “Praticar exercícios sempre foi uma ótima opção para todos, mas quando levamos em conta a relação entre a longevidade e as atividades físicas, sua importância para os idosos se destaca”, diz.


O senhor Silvio Martins, 67 anos, pratica atividades físicas, principalmente a escalada, e garante que, além de auxiliar na disposição diária, evita as doenças psicossomáticas, como a depressão. “O que me motiva é manter meu corpo e mente saudáveis para aproveitar a vida levemente, com alto astral, bom humor, músicas, amigos, diversão e trabalho. Sempre é tempo para se aprender coisas novas, no caso da terceira idade, quanto mais coisas diferentes a pessoa fizer mais longevidade ela terá”, salienta Silvio, alpinista e proprietário da Climb Viagens, empresa de turismo com destinos na América do Sul, Antártica e Ártico.

Fotos eventos Move 2019 -






[1] https://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2019/04/04/expectativa-de-vida-sobe-55-anos-no-mundo-entre-2000-e-2016-diz-relatorio-da-oms.ghtml [2] https://jornal.usp.br/atualidades/em-2030-brasil-tera-a-quinta-populacao-mais-idosa-do-mundo/ [3] https://www.unicef.org/brazil/situacao-das-criancas-e-dos-adolescentes-no-brasil

6 visualizações

© 2020 Move Experiências. Desenvolvido por Contém Informação

  • Facebook ícone social
  • Instagram
whatsapp-logo-icone-1.webp